Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 10nov

    eBAND

    4 % A MAIS

    4 % A MAIS

    Pesquisa Vox Populi divulgada nesta terça-feira apontou uma recuperação da pré-candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT) e uma queda de José Serra (PSDB) nas intenções de voto para a campanha eleitoral de 2010, em relação a outubro.

    Serra está em primeiro lugar, com 36% das intenções de voto. No mês passado, ele tinha 40%. Dilma vem em segundo lugar, com 19%, um aumento de 4% em relação a outubro. Ciro Gomes (PSB) é terceiro colocado, com 13%; Heloísa Helena (PSOL), 6%; e Marina Silva (PV), 3%.

    Num segundo cenário, trocando o candidato tucano por Aécio Neves, Dilma aparece em primeiro lugar, com 20% das intenções de voto, tecnicamente empatada com Ciro Gomes, que tem 19%, e com Aécio, 18%. Das pessoas ouvidas, 8% votariam em Heloísa Helena e 4% em Marina Silva.

    A pesquisa também perguntou em qual candidato o eleitor não votaria. Aécio Neves é o que tem a menor rejeição, 5% seguido por Ciro Gomes, com 8%. Heloísa Helena foi citada por 10% dos entrevistados; e Marina Silva e José Serra aparecem com 11%. Dilma Rousseff tem a maior rejeição: 12%.

    Foram ouvidos 2 mil eleitores em 170 municípios de todos os Estados, menos Acre, Roraima, e Rondônia, entre os dias 31 de outubro e 6 de novembro. A margem de erro é de 2,4%.

    Publicado por jagostinho @ 23:22



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

2 Respostas

WP_Cloudy
  • carlos manoel Disse:

    o efeito lula tá começando a funcionar. Vai subir mais

  • fagundes Disse:

    o serra nem disse que é candidato. Vai ganhar no primeiro turno. Os petistas vão ter que ir todos para Cuba.

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.