Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16set

    PORTAL RPC

    Dep. Artagão-contra

    Dep. Artagão-contra

    A emenda que permitia a criação de fumódromos – locais exclusivos para fumantes – em bares e restaurantes do Paraná foi rejeitada no plenário da Assembleia Legislativa no início da noite desta terça-feira (15). Dos 47 deputados estaduais que participaram da sessão, dez foram favoráveis e 36 contrários aos espaços reservados. Um parlamentar se absteve da votação e sete não compareceram à Assembleia.

    A sessão que começou por volta das 15 horas foi tumultuada. A votação aconteceria a portas fechadas, mas produtores de fumo do interior do estado e proprietários de bares e restaurantes ficaram revoltados ao saber que não poderiam assistir à sessão. O presidente da Assembleia, deputado Nelson Justus (DEM), decidiu abrir as galerias para os visitantes.Ademar Traiano (PSDB) foi um dos parlamentares que defendeu a criação dos espaços reservados. Ele afirmou que é impossível fiscalizar todos os espaços onde ficará proibido o cigarro.

    Os deputados se revezaram na tribuna defendendo suas posições contrárias ou favoráveis ao projeto. Os discursos favoráveis a implantação dos fumódromos eram seguidos de aplausos das pessoas que acompanharam a sessão. Já as falas contrárias foram vaiadas. O deputado

    Já deputado Artagão Junior (PMDB), relator do projeto na CCJ e que apresentou parecer contrário a aprovação, foi até a tribuna defender a proibição dos fumódromos. O parlamentar afirmou que não há garantia de que o isolamento da fumaça será eficiente. “Ninguém até agora apresentou laudo de engenharia que comprove que o isolamento dos fumódromos é eficiente, que impede que a fumaça saia por baixo da porta”, disse.

    O projeto geral da lei antifumo foi aprovado em segunda discussão. A proposta recebeu 37 votos favoráveis e 10 contrários. Para entrar em vigor, o projeto ainda tem que ser sancionado pelo governador Roberto Requião (PMDB).

    Publicado por jagostinho @ 08:30



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

5 Respostas

WP_Cloudy

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.