Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 16ago

    GLOBO.COM

    “Falamos sobre amenidades e, então, ela (Dilma Rousseff) me perguntou se eu podia agilizar a fiscalização do filho de Sarney”.

    Ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira, que disse, no domingo (9), ao jornal “Folha de S.Paulo” que entendeu o pedido da ministra da Casa Civil como recado para “encerrar” as investigações.

     “Eu encontrei com a secretária da Receita várias vezes com outras pessoas junto em grandes reuniões. Essa reunião privada [a] que ela se refere eu não tive com ela”.

    Ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, sobre relato de Lina Vieira de que teria pedido para “agilizar” fiscalização contra filho de Sarney.

    “Estamos numa Casa política. Pelo fato de minha luta política ter algum peso na sucessão desencadeou-se essa crise para enfraquecer o presidente da República.” (…) “Não posso senão resistir e ser firme, com a certeza de minha consciência e da lisura no trato com as coisas administrativas. A coisa mais grave de que me acusam é de que eu tinha pedido para nomearem o namorado da minha neta”.

    Presidente do Senado, José Sarney, em discurso para vereadores, prefeitos, deputados e senadores do Amapá, na terça-feira (11).  

    “Tiraram o bode da sala. Deixaram de insistir numa perseguição contra quem não vai se dobrar. 
    Líder do PSDB, Arthur Virgílio, depois do arquivamento de representação contra ele no Conselho de Ética do Senado, nesta quarta-feira (13).

    “Se o Meirelles disser pra mim que quer ser governador, primeiro vou dizer pro Meirelles [que] nós precisamos saber por qual partido e saber quais são os nossos aliados, porque nós precisamos construir uma aliança para ganhar as eleições. O Meirelles não pode ser candidato para perder as eleições”.
    Presidente Lula durante visita a obras da ferrovia Norte-Sul, em Anápolis (GO), nesta quinta-feira (13).

    “É muito comum, quando nós visitamos estados, encontrarmos promotores públicos que nos dão um retrato do funcionamento do Judiciário que, depois, vem a se revelar falso. Eu disse para o procurador-geral [da República, Roberto Gurgel], inclusive, que alguns setores do Ministério Público nos estados, para ficar ruins, tinham que melhorar muito”.
    O presidente do STF, Gilmar Mendes, em entrevista após 2º Encontro de Integração de Diretores de Foro do Tribunal de Justiça de Goiás, nesta quinta-feira (13).

    Publicado por jagostinho @ 10:48



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

3 Respostas

WP_Cloudy
  • tadeu Disse:

    nunca li tanta bobagem e mentira numa vez só. Esses nossos políticos…

  • gabriel Disse:

    putz esses caras qdo abrem a boca só falam bobagem

  • nascimento Disse:

    po Jota ! Vc juntou um monte de merda num texto só. Como esses caras falam bobagem!

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.