Publicidade


      Red Apple Cosméticos

      CPV - Centro Paranaense da Visão

      Hospital Cardiológico Costantini

      Hotel Carimã

Twitter @blogdojota


  • 23maio

    GAZETA DO POVO

    ” A empresa Transporte Glória, proprietária do biarticulado no qual um homem caiu na noite de terça-feira(19), afirmou que o veículo tinha liberação da Urbanização de Curitiba (Urbs) para rodar. A diretoria da empresa informou, nesta sexta-feira (22), que o veículo foi vistoriado há dois meses e ganhou um selo de aprovação.

    Um dia depois do acidente, a Urbs autuou a empresa por falta de manutenção do ônibus, o que teria resultado em falha do sistema de segurança. A Glória, porém, disse que uma análise preliminar feita pela própria empresa não encontrou nenhum defeito no veículo. A empresa garantiu, ainda, que todos os sistemas do ônibus são originais de fábrica e que os veículos passam por manutenção periódica.

    O ônibus continua parado e deve passar por novas perícias. A empresa informou que até as 17 horas desta sexta-feira não havia sido notificada pela Urbs da autuação. Por meio da diretoria, a empresa disse que se ficar comprovado que houve falha vai assumir a responsabilidade, caso contrário pretende acionar a Urbs na Justiça.

    O acidente

    Carlos Antônio Medeiros, 35 anos, ficou ferido ao cair de um biarticulado em movimento no bairro Alto da Glória, em Curitiba. O ônibus chegava a estação-tubo Maria Clara quando as portas se abriram antes do veículo parar. ”

    ANALIZANDO:-  É interessante que,  quando acidentes como esses acontecem ( há meses atrás, em acidente idêntico, uma mulher morreu),  fica um jogo de empurra-empurra. A Empresa proprietária do biarticulado afirma que o ônibus tinha selo de aprovação da URBS, emitido há dois meses atrás. A URBS, informa  que autuou a Empresa por falta de manutenção.

    Pronto. Está tudo resolvido. Sôbre a vítima nenhuma informação. Apenas,  a  Glória informa que, se for comprovada a sua culpa , vai ressarcir a vítima. Se. E se não SE?  Tudo cai no esquecimento, como no caso da mulher que morreu no outro acidente?

    E olha que o nosso prefeito vai por todos os lados, por todos os lugares, gabar-se do nosso Sistema de Transporte Coletivo. Será que, em alguma frase, de seus fartos elogios, ele cita esses acidentes?

    Muitos áulicos dirão: “é,  isso acontece…. É uma fatalidade.”  Digo eu :-  Nunca poderia acontecer. Temos acidentes porque há falhas e irresponsabilidade de quem deve fiscalizar. Autuar a Empresa é muito simples, não é,  senhores diretores da URBS ?  Até porque uma autuação significa mais dinheiro nos cofres da Empresa. O resto que se lixe! O povo que se dane. Bom isso para sua campanha para governador, Beto Richa?  Acho que não.

    “Diga-me com quem andas e te direi quem és ! “

    Publicado por jagostinho @ 16:14



Os comentários NÃO representam a opinião do Blog do Jota Agostinho. A responsabilidade é EXCLUSIVA do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Uma resposta

WP_Cloudy
  • Kátia Disse:

    Não estava nem sabendo deste acidente, imagine o tamanho da nota no jornal…
    Vergonha

Deixe um comentário

Por favor, atenção: A moderação de comentário está ativa e pode atrasar a exibição de seu comentário. Não há necessidade de reenviar o comentário.